Startup carioca participa da Brazil Conference 2019 em Boston

Dez jovens de Santíssimo, todos estudantes do ensino médio, ganharam a viagem após vencerem o Desafio Tack 2018. Através da metodologia do Programa Innovation Camp, da JA, os estudantes criaram um aplicativo que tem como objetivo dar maior visibilidade à cultura nas periferias cariocas. O projeto que começou em sala de aula virou uma startup,  ganhou apoio de uma empresa de tecnologia e está sendo acelerado.

A viagem de abril foi um marco para os dez jovens , com idade entre 15 e 19 anos. Eles participaram das conferências e debates, e tiveram contato com líderes e personalidades de diversas áreas, incluindo Jorge Paulo Lemann e Luciano Huck. Os jovens também fizeram visitas técnicas à Universidade de Harvard e ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts – MIT.

APP QR Culture é uma plataforma aberta para todos, onde qualquer pessoa poderá compartilhar suas criações artísticas, dar visibilidade ao seu trabalho e vendê-las on demand em diversos formatos, acabamentos, impressões e produtos. O maior diferencial do aplicativo fica por conta das diversas pinturas e grafites espalhados pela cidade do Rio de Janeiro, que ganharão vida na tela do smartphone, a partir da tecnologia de realidade aumentada.

O aplicativo está sendo desenvolvido em parceria com a Equinix e o grupo conta com mentoria da +MIND! Ambas as ações são parte da premiação do Desafio Tack Rio. Além desses parceiros, a QR Culture que é coordenada por Michel Mesquita, tem o apoio da Fábrica de Startups, do embaixador criativo Artur Kjá e da facilitadora de processos Marjorie Bastos. A previsão dos estudantes é ter a primeira versão para Android disponível em meados do ano.

Sobre a Junior Achievement:

A JA é a maior e mais antiga organização de educação prática em negócios, economia e empreendedorismo jovem do mundo. Fundada em 1919, nos EUA, tem como objetivo despertar o espírito empreendedor nos jovens em idade escolar. Está presente em 118 países e em todos os estados do Brasil. Com apoio de uma rede de voluntários, a sede carioca já impactou mais de 270 mil estudantes nos últimos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *