Repsol Sinopec inicia a sequência de “Empresários Sombra” em parceria com o IBP

Escolas estaduais do Rio de Janeiro terão oportunidades de conhecer a rotina de diferentes empresas do setor de óleo e gás 

No último dia 21 de outubro, a companhia brasileira de exploração e produção de petróleo e gás, Repsol Sinopec Brasil, recebeu quinze jovens em seu escritório para participarem do Empresário Sombra, programa que proporciona aos jovens a chance de acompanhar a jornada de trabalho de um profissional por um dia, com o objetivo de retratar o funcionamento de uma área empresarial. A ação inaugurou a rodada de aplicações consecutivas do Empresário Sombra, que acontecerá nas empresas associadas ao Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) ao longo dos próximos meses.

Durante a Semana Internacional de Voluntariado, a Repsol acolheu os alunos das escolas estaduais Antônio Maria Teixeira Filho, Profº Horácio Macedo, e CIEP Frederico Fellini para inspirá-los em suas futuras carreiras. O dia começou com palestras ministradas pelas geólogas Tainá Couto e Elaine dos Santos, que foram responsáveis por explicar como funciona a extração de petróleo. Elas passaram o conteúdo de forma dinâmica e interativa para estudantes que ficaram fascinados pelo assunto. O presidente da empresa, Mariano Ferrari, também esteve presente para conversar com os jovens e aproveitou o momento para aconselhar sobre a importância de estudar a língua inglesa e estar atento nos avanços tecnológicos, pois são critérios bastante significativos para o ingresso no mercado de trabalho.

Por fim, cada colaborador voluntário recebeu dois alunos em suas áreas de trabalho para que eles pudessem acompanhar suas atividades rotineiras. Esta ação proporcionou aprendizados sobre as áreas de gestão técnica, compras e contratos, fiscal e tributário, secretariado executivo, sistema da informação, e contabilidade.

“Estou voltando para a casa levando os conselhos, e toda motivação” comentou Lucas Barbosa, de 17 anos, aluno do CIEP Frederico Fellini. “Eu aprendi a redigir e-mails e entendi como a empresa funciona em prol de um objetivo comum, mesmo que cada área faça o seu trabalho individualmente.” Explicou.

A voluntária Talita Alves, da área de comunicação e relações externas da Repsol, fez o programa Miniempresa, da Junior Achievement, em 2008, no Colégio Pedro II, em São Cristóvão. Ela contou como o projeto fez diferença em sua vida. “Eu não conhecia nada do mundo corporativo porque nunca tinha ido a uma empresa. Comecei a ter alguma noção sobre empresas de verdade pelo que os meus voluntários contavam e aconselhavam. O que eu sou hoje como profissional é graças as instruções que o programa da Junior me proporcionou lá atrás.” Agora no lugar de voluntária, ela explicou como o Empresário Sombra contribui para a formação profissional dos jovens. “Esse programa é muito rico para os alunos estarem integrados no ambiente corporativo e entenderem como funciona uma empresa.” Talita ainda citou a importância da troca de experiências que acontece entre aluno e voluntário. “O voluntariado é o melhor dos mundos para repassar qualquer conhecimento, não só profissional, mas experiências de vida e esclarecimento de dúvidas práticas sobre os requisitos para ingressar em uma área. O voluntário está muito fresco e longe do ambiente de sala de aula que os alunos estão acostumados, então ele terá um outro linguajar, uma outra forma de visualizar os problemas e encontrar soluções. Isso traz um viés diferente do professor, que agrega uma perspectiva muito ampla aos estudantes.”

“Eu vibrei com a oportunidade de ser voluntário.” Expressou José Almi, que trabalha na área de compras e contratações e acompanhou o Empresário Sombra como voluntário. “Quando você tem a oportunidade de ter uma troca de conversas com jovens é como construir um prédio que você pode colocar vários andares em cima dele. Você pode ajudar a construir os sonhos.” contou sobre a forma que o voluntário pode fomentar o desenvolvimento dos alunos. “Nessa tarde eu aprendi tanto quanto eles.” Concluiu.

A sequência da aplicação do Empresário Sombra está acontecendo para encerrar o projeto Trilha Empreendedora de 2019, que acontece em parceria com o IBP e suas dezoito empresas associadas. Esse projeto é uma ação que prevê, em paralelo ao currículo escolar, a aplicação de nove programas da JA para as turmas de 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio. Toda a trilha é aplicada de maneira lúdica e dinâmica pelos professores. Todo o trabalho é apoiado pelos voluntários parceiros, enquanto a Junior Achievement realiza a capacitação, oferecendo a metodologia e o material didático.

Veja algumas fotos:

Sobre a Junior Achievement:

A Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em negócios, economia e empreendedorismo jovem do mundo. Fundada em 1919, nos EUA, tem como objetivo despertar o espírito empreendedor nos jovens em idade escolar. Está presente em 120 países e em todos os estados do Brasil. Com apoio de uma rede de voluntários, a sede carioca já impactou mais de 300 mil estudantes nos últimos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *