Ex-achievers ganham bolsas de estudo e participam de programa internacional sobre Carreiras STEM na Flórida

Entre os dias 15 e 20 de julho, as ex-achievers do Programa Miniempresa e associadas do Nexa-RJ, Bárbara Soares da FAETEC Adolpho Bloch – 17 anos – e Luísa Leão do Colégio Liceu Franco Brasileiro – 16 anos – participaram juntas, como bolsistas, do National Flight Academy, uma das experiências mais emocionantes e imersivas de aprendizagem. À bordo do maior porta-avião simulado existente, elas e outros estudantes de diversas regiões do mundo se reuniram para discutir sobre Carreiras ligadas à Ciência, Tecnologia, Matemática e Engenharia (metodologia popularmente conhecida como STEM).

As meninas vivenciaram o programa por 6 dias, numa instalação de 102 mil pés quadrados, com vários andares e cercados pelas tecnologias mais avançadas, entre simuladores de voo e equipamentos de realidade virtual. Durante a estadia, Bárbara e Luísa realizaram variadas missões com objetivo de desenvolverem habilidades importantes para o século XXI, que incluem: Pensamento Crítico, Capacidade de Resolver Problemas, Trabalho em Equipe, Criatividade e Comunicação. Além disso, elas também trabalharam a capacidade de medir, coletar, interpretar e analisar dados.

“Passar uma semana no National Flight Academy foi desafiador. Mesmo me preparando há semanas, e com a expectativa lá em cima, eu não sabia o que esperar. O local onde acontece o programa é altamente equipado e foi desenvolvido para dar a melhor experiência de aprendizagem prática sobre carreiras, especialmente nas áreas de aviação e navegação”, relatou Bárbara.

Os dias no programa começavam bem cedo, às 6 horas todos já estavam de pé. E, após arrumarem o quarto e tomarem o café da manhã, os estudantes se dirigiam à sala de operações para receber suas missões. Separados por categoria e idade, todos se alocavam em esquadrões. Bárbara e Luísa, por exemplo, faziam parte dos “Royal Maces”. A partir desta organização, os jovens se dividiam para as missões, que eram três por dia, e para resolvê-las tinham que interpretar radares e simular voos, com direito a decolagens e aterrissagens. Isso tudo dentro de uma base real altamente controlada e sem janelas.

Apesar da rotina intensa, Luísa diz que o clima do programa era leve e descontraído. “Nós tínhamos tempo livre e atividades mais recreativas, onde podíamos conversar sobre cultura, filmes, músicas, viagens, Netflix, etc. Conhecemos o Museu de Aviação de Pensacola e até fomos assistir o show do Blue Angels. Muito bacana!”.

É incrível pensar que jovens do ensino médio tiveram esta oportunidade e que contamos com a representatividade de Bárbara e Luísa. Agradecemos imensamente à Delta Airlines pela parceria e por contribuir tanto para que a educação empreendedora chegue a mais jovens no Brasil e no mundo. E claro, agradecemos também aos nossos mantenedores e parceiros por viabilizarem a participação das jovens no Programa Miniempresa, o que abriu as portas para esta experiência.

Galeria de fotos:

Sobre a JA:

A Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em negócios, economia e empreendedorismo jovem do mundo. Fundada em 1919, nos EUA, tem como objetivo despertar o espírito empreendedor nos jovens em idade escolar. Está presente em 118 países e em todos os estados do Brasil. Com apoio de uma rede de voluntários, a sede carioca já impactou mais de 270 mil estudantes nos últimos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *